Quais equipamentos médicos os cuidadores de idosos devem ter

Quais equipamentos médicos os cuidadores de idosos

Cuidador de idosos: Segundo o Ministério da Saúde, o cuidador é a pessoa responsável por auxiliar nos cuidados da pessoa idosa, fazendo por ela atividades que ela não consegue realizar sozinha. 

Ressaltando que suas funções não devem ser confundidas com procedimentos técnicos praticados por profissões legalmente estabelecidas, principalmente a enfermagem.

Função de um cuidador 

De acordo com o Guia Prático elaborado pelo Ministério da Saúde fazem parte das funções de um cuidador:

  • Atuar como elo entre a família, a pessoa cuidada e a equipe médica;
  • Escutar, estar atento e ser solidário com a pessoa cuidada;
  • Auxiliar nos cuidados de higiene;
  • Estimular e auxiliar na alimentação ;
  • Ajudar na locomoção e em atividades físicas;
  • Auxiliar no conforto e bem estar da pessoa, mudando a posição da cama e da cadeira se necessário;
  • Administrar medicações conforme orientação médica;
  • Monitorar e Informar sobre o estado de saúde da pessoa;
  • Atuar em outras situações que promovam o bem estar, melhoria na qualidade de vida e recuperação da pessoa.
Quais equipamentos médicos os cuidadores de idosos

A presença de um cuidador é necessária principalmente em situações emergenciais, como acidentes ou mal estar, e socorrer um idoso de maneira rápida e de forma adequada pode fazer toda a diferença em sua recuperação. Leia também: Mitos da gravidez que você já deve ter ouvido.

Por esse motivo, é importante que os cuidadores estejam preparados e equipados com aparelhos médicos para acompanhar o estado de saúde do idoso e auxiliá-lo com os cuidados cotidianos.

Se você convive com idosos, deve saber que um aparelho para medir a pressão ou um kit de primeiros socorros precisam estar ao alcance sempre. Se você é um cuidador, sabe que equipamentos como esse trazem um diferencial e muito mais qualidade ao serviço prestado.

Conheça agora alguns equipamentos médicos para que um cuidador atue da melhor forma possível:

Kit de primeiros socorros

Montar um Kit personalizado, para atender as necessidades básicas do idoso, com medicamentos, curativos, pomadas e instrumentos mais usados é essencial e vale muito a pena.

Podem fazer parte desse kit:

  • Termômetro;
  • Gaze;
  • Algodão;
  • Esparadrapos;
  • Antissépticos, para ajudar na cicatrização de ferimentos e machucados;
  • Soro Fisiológico para fazer higienização;
  • Tesoura;
  • Luvas descartáveis;
  • Pinças.

Seja casos emergenciais ou cuidados do dia a dia, dependendo do estado de saúde da pessoa idosa um kit como esse, sempre à mão, faz toda a diferença, além de agilizar e potencializar os cuidados básicos.

Monitor de pressão arterial

A hipertensão é um dos problemas mais frequente nos idosos, pois o processo de envelhecimento torna as artérias menos flexíveis, demandando, desta forma, mais pressão para o sangue fluir melhor. Geralmente a pressão normal de um idoso, é mais alta que a de uma pessoa mais jovem.

Por esse motivo, mesmo que ele não apresente os sintomas comuns da hipertensão, monitorar a pressão arterial periodicamente é importante. Então, ter um aparelho de medidor de pressão deve fazer parte dos equipamentos médicos básicos de todo cuidador.

É possível encontrar no mercado diversos modelos eletrônicos 

Medidor de glicose

Outra doença muito comum no grupo de idosos é o diabetes e os cuidadores devem estar atentos à ela, monitorar os níveis de açúcar no sangue é importante para ajudar a entender aos oscilações da glicemia e evitar complicações e descontroles do diabetes.

A orientação do médico nessas situações é fundamental, para que ele indique a frequência dos monitoramentos e sobre a aplicação da quantidade certa de insulina, caso o idoso necessite do hormônio.

O aparelho utilizado para medir os níveis de glicose é o glicosímetro, então se o idoso convive com o diabetes, estar equipado com um é essencial.

Oxímetro

O oxímetro é um aparelho que mede o oxigênio no sangue, eles ajudam a saber quanto de oxigênio está sendo transportado pelo sangue.

Se o idoso que está sendo cuidado tem alguma doença pulmonar, este aparelho é indispensável, pois quando o nível de oxigenação é baixo, as células do corpo não conseguem trabalhar direito, causando sobrecarga no coração e no cérebro.

A orientação médica nesses casos é muito importante, pois ele deverá informar a frequência do monitoramento, quais os níveis ideais de fluxo de oxigênio e quais devem gerar preocupação e sinal para procurar atendimento profissional.

Este equipamento também é capaz de informar os batimentos cardíacos com precisão.

Com este artigo você pode conhecer os principais equipamentos médicos que um cuidador deve ter para prestar um serviço de qualidade, que permitam socorros rápidos, e prevenção no agravamento de enfermidades.